domingo, 8 de abril de 2012

o Movimento Vermelho está de volta e precisa de você


vote no : Ads of the World. Estamos bem representados pela agencia Momentum. É só acessar o endereço e dar 10, clicando na décima estrelinha abaixo do vídeo.
Valeu!

http://adsoftheworld.com/media/online/cia_jogo_de_cena_os_ruivos_red_movement

Ads of the World

Ruivos: uni-vos!  foi com essa frase que iniciamos o Movimento Vermelho e é da mesma forma que vamos pedir a todos vocês para dar uma forcinha, pois estamos concorendo ao ADS Of The World
 Estamos bem representados pela agencia Momentum. É só acessar o endereço e dar 10, clicando na décima estrelinha abaixo do vídeo.
Valeu!
Advertising Agency: Momentum, Brazil
Chief Creative Officer: Danilo Moraes
Creative Director: Adriano Cerullo
Online Planner: Mateus Prado
Screenwriters: Pedro Monteiro, Leonardo Neves
Copywriter: Rafael Simi
Art Directors Ricardo Sanchez, Maurício Senise, Jorge Yoshida
Film director: Cauê Steinberg, Fábula Filmes
Film producers: Jade Stipp, Fábula Filmes
Sound producer: Dimi Kireeff, S de Samba, Dudu Lopes, Silence Produções
Theater play producer: João Bernardo Caldeira
Actors: Pedro Monteiro, Thabata Tubino

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Agradecimentos

   Escrevo para agradecer a todos que, de alguma forma, me ajudaram a realizar essa iniciativa: “Os Ruivos”. Quando em 2008 nós estreiamos para 04 apresentações, eu não imaginava que três anos depois ainda estariamos em cartaz, com mais de 200 apresentações, em 56 municípios e por 10 estados do Brasil. Eu quero dividir isso com vocês, pois quando estava no fim de algumas apresentações, em lugares incríveis, logo me vinha a imagem do inicio. Pensava... Caramba!! Olha onde Chegamos. No mais, fica todo carinho com os ruivos e também com quem não é ruivo, mas abraçou a peça, o Movimento Vermelho, e todas as ações que fizemos para repassar nossa idéia. Acreditamos no que fizemos e, por isso, acho que caiu no gosto do público. Até a próxima!!E como sempre digo: avante, Vamos que Vamos!!

Pedro Monteiro
                                                                       

domingo, 25 de dezembro de 2011

Feliz Natal




Feliz Natal e um prospero Ano Novo para todos os Ruivos do Mundo




segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Irmandade Vermelha

                                                                              

 Graças à iniciativa da ruiva Karlla Bottacini, que assistiu à peça na capital paulista, com a especial colaboração de sua irmã Rebeca, a dupla levou o espetáculo "Os Ruivos" para Borborema (SP), neste sábado, no Clube de Rodeios da cidade. Mais um destino, pela primeira vez, viabilizado e produzido pela própria mobilização da comunidade vermelha, cada vez mais unida contra a extinção, o preconceito e o bullying.

domingo, 27 de novembro de 2011

domingo, 20 de novembro de 2011

Os Ruivos em : 200 apresentações


A nossa apresentação de número 200, da peça "Os Ruivos", foi no Teatro Amazonas. Ele  fica  há 4.374 KM,  do teatro Sergio Porto,  que fica no Humaitá, Rio de Janeiro,  onde fizemos a primeira apresentação da peça. Isso já faz 4 anos. Na época o diretor, ator, professor Bernardo Jablonski, o Aderbal do Zorra Total,  quando perguntado pelo nosso ruivo, Pedro Monteiro, o que ele havia achado  da peça, Bernardo disse: “é no mínimo curioso”. Até hoje não entendi.  Nunca imaginamos  chegar tão longe. Já passamos por 60 Municípios e, em média, cerca de 40 mil pessoas já assistiram a peça. Quando Pedro perguntou novamente a Jablonski o que ele havia achada do programa Humor de Segunda, que vai ao ar toda segunda, na rádio Roquette Pinto, apresentado pela ator Pedro Monteiro e nos comentários de Leonardo Neves, O mesmo respondeu: “gostei, alegre, divertido”, novamente Jabloski se expressa ao nosso trabalho com a sutileza de um professor que conduz ao aperfeiçoamento. O mínimo é, na verdade, o máximo. A apresentação no Teatro Amazonas, que possui 701 lugares para ser exato, foi muito especial e aproveitamos para dedicá-la a um homem de teatro que ajudou muito ao ator Pedro Monteiro a chegar aonde ele chegou. E sempre arrancou a admiração do jornalista Leonardo Neves, que acompanhou o seu trabalho, filmou as suas peças, mas nunca teve coragem de se apresentar e dizer: valeu Jablonski. Dedicamos essa apresentação ao mestre com carinho: Bernardo Jablonski. Como disse o Pedro: “ele deve estar brincando com Pluft”.